Como evitar as estrias

Como evitar as estrias

Terror de toda mulher, as estrias são apontadas como uma das principais reclamações femininas, ficando atrás somente da celulite. As estrias são formadas a partir de uma dilatação excessiva da pele, acima dos limites suportados pelo organismo. A camada intermediária da pele é formada por fibras de colágeno e elastina, essas fibras são responsáveis pela tonicidade e elasticidade da pele.

Quando há um estiramento superior ao suportável, essas fibras se rompem formando uma espécie de cicatriz que inicialmente é de tom avermelhado e gradualmente se torna branca. Em pessoas de pele morena as estrias podem ser um pouco mais escuras do que a pele sadia. Vamos ver então como evitar as estrias.

Estrias, onde surgem e porquê

Suas causas estão relacionadas a diversos fatores como: puberdade, aumento de peso, gravidez, uso de medicamentos a base de corticosteroides, disfunção hormonal e até mesmo fatores genéticos. Geralmente as estrias aparecem em regiões onde o desenvolvimento corporal é maior, como glúteos, pernas, seios e barriga, mas existem casos que atingem até a região de braços e costas. Esse problema não é exclusivo das mulheres, muitos homens também podem vir a sofrer com essa lesão, principalmente no tronco e nas costas.

Mas apesar de ser uma lesão irreversível não é o fim do mundo

Atualmente no mercado existem muitos tratamentos que prometem melhorar o aspecto geral das estrias estimulando a produção de novas fibras de colágeno e elastina. Entre as alternativas disponíveis, capazes de melhorar a aparência da pele em até 60%, há o laser, os ácidos, o peeling e a dermoabrasão. Porém os preços de cada sessão não são muito atrativos.

É importante lembrar que não se pode tomar sol durante qualquer que seja o tratamento escolhido, pois a radiação ultravioleta destrói as fibras de colágeno inviabilizando o tratamento. No entanto, a prevenção ainda é o melhor remédio. Para não sofrer com esse mal, cuidados básicos podem ajudar a evitar esse tipo de problema.

A importância da hidratação da pele para tratar as estrias

Manter a hidratação da pele é o primeiro passo, faz com que a pele tenha uma maior elasticidade e ao esticar não se rompa causando as estrias. Quando se fala em hidratação, cabe salientar a necessidade de se beber muita água. Especialistas destacam que o correto é beber 4% do peso corporal diariamente, ou seja, uma pessoa que pesa 55 quilos deverá ingerir 2 litros de água por dia, aproximadamente. Se tiver alguma dificuldade em beber água pode tentar adicionar chá verde ou chá preto, que além de ajudarem na hidratação têm também muitos outros benefícios. Boa parte da hidratação da pele vem de dentro para fora, desidratação orgânica agrava a desidratação cutânea.

A escolha de bons produtos também é fundamental. Portanto, o melhor é abusar de hidratantes corporais, óleos e produtos específicos que aumentam a elasticidade e a tonicidade das regiões comummente afetadas pelas estrias. O melhor momento para aplicar o hidratante é após o banho, com a pele ainda húmida. Dessa forma o produto irá se misturar às moléculas de água, deslizar melhor e aumentar o poder de hidratação. Nesse momento não é possível ser económico, quanto maior a camada de creme, maior a proteção da pele.

Roupa confortável, exercício físico e alimentação saudável

Evitar roupas apertadas também ajuda. Roupas muito justas acabam fragilizando a pele. A prática de exercícios físicos também é um grande aliado na prevenção das estrias, pois evita aquele “engorda/emagrece” sucessivo que desgasta as camadas mais profundas da pele deixando-a mais suscetível ao aparecimentos da estrias inimigas. O consumo de alimentos saudáveis como frutas e verduras ricas em vitaminas é essencial, ou seja procure fazer uma dieta equilibrada. Corpo saudável é sinónimo de pele nutrida e uma das melhores formas para evitar as estrias.

Na categoria: Corpo, Cuidados com a pele
Tags: , , , , , ,
Coloque esta página nos seus favoritos: permalink

Deixar uma resposta